Dois irmãos morrem após deslizamento de barreira em Paulista

As vítimas foram um adolescente de 12 anos e a irmã dele, de 5

Por Cristiano 28/03/2019 - 14:41 hs

Dois irmãos morreram na madrugada desta quinta-feira (28) após um deslizamento de barreira na Mirueira, em Paulista, Região Metropolitana do Recife (RMR). As vítimas foram um adolescente de 12 anos e a irmã dele, de 5.

Segundo o perito do Instituto de Criminalística (IC), Heldo Souza, os irmãos estavam dormindo com a mãe quando houve o deslizamento e a barreira caiu sobre a casa deles. O perito ainda disse que a barreira estava aproximadamente a 10 metros de altura da casa.

Heldo Souza ainda disse que no momento do acidente, a mãe do adolescente e da garota ficou desesperada.  “A mãe conseguiu sobreviver, mas ficou em desespero no local ao ver os filhos mortos. O pai também ficou nervoso, ainda prestou o socorro aos filhos, mas, infelizmente, não teve mais jeito“, lamentou o perito.

Corpos liberados

Os corpos das vítimas foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro. Por volta do meio-dia, ambos haviam sido liberados, mas a família ainda não havia resolvido os trâmites do sepultamento. 

Deslizamento

O deslizamento começou quando uma árvore, que ficava no topo da barreira, se desprendeu e caiu com a chuva. Enquanto rolava, a árvore derrubou um poste, que caiu na casa das vítimas. Parte da parede e do teto caíram sobre o cômodo em que a família estava. Com a queda, parte da barreira também deslizou e entrou na residência, que fica abaixo do nível da rua.

Por meio de nota, a Defesa Civil de Paulista que a morte das crianças foi causada por uma árvore que tombou e atingiu um poste que por sua vez caiu e derrubou a parede do quarto onde dormiam as duas crianças. Confira a nota:

"A Secretaria de Segurança Cidadã e Defesa Civil do Paulista esclarece que a fatalidade desta quinta-feira (28.03) na Rua Alecrim, no bairro da Mirueira, em Paulista, vitimando os irmãos Yasmin Vitória da Silva Ramos, cinco anos e Gemerson Cauã Pereira Ramos, 12 anos, foi causado por uma árvore que tombou e atingiu um poste que por sua vez caiu e derrubou a parede do quarto onde dormiam as duas crianças. 

A árvore em questão estava distante e não apresentava indícios de queda. Equipes do Centro de Referência e Assistência Social do Paulista(CRAS Jardim Paulista) está acompanhando a família, encaminhando as providências necessárias para o acolhimento necessário. A Secretaria de Segurança Cidadã e Defesa Civil e de Infraestrutura e Serviços Públicos, também estão presentes, trabalhando na área."

Na noite dessa quarta-feira (27), a Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac) emitiu um alerta para a possibilidade de continuidade das pancadas de chuvas com intensidade moderada a forte até as 12h desta quinta, na RMR e Zonas da Mata Sul e Norte. O monitor pluviométrico da Apac mais próximo do local do deslizamento fica no bairro Tabajara, em Olinda. O equipamento na região apontava 55,88 mm de chuva das 8h50 dessa quarta (27) até as 8h50 desta quinta (28).

Defesa Civil

No alerta de chuva, a Apac afirma que a população deve seguir as orientações da Defesa Civil.

Defesa Civil do Estado de Pernambuco - (81) 3181 2490
Defesa Civil do Recife - (81) 3355 2115
Defesa Civil de Olinda - 0800 281 2112 / (81) 99266 5307
Defesa Civil de Jaboatão dos Guararapes - (81) 98558 2836